Gladiadoras: de Roma para as vitrines do mundo todo



  Gladiadoras: de Roma para as vitrines do mundo todo

​Pensa em uma sandália com história para contar? É essa! As gladiadoras surgiram pela primeira vez na Roma antiga. Através de seus modelos diferenciados era possível distinguir a classe social de um indivíduo ou grupo.

Esses eram alguns dos modelos antigos:
A gladiadora veio com tudo no ano 2000 e fez o maior sucesso! Dessa vez ela veio com força total, trazendo modelos muito mais ousados, e comprimento até os joelhos. A variedade dos modelos é mesmo para agradar as mulheres de todos os gostos, impossível não amar!
Aqui estão alguns modelos que estão deixando a mulherada louquinha!



























Depois de tantos modelos lindos aposto que você já quer uma, não é? Mas antes de sair correndo, é bom tomar nota de algumas observações para não comprar/usar errado:

- Os modelos de cano médio a alto tendem a achatar a silhueta, o que favorece as mulheres que possuem pernas longas e finas. Já as baixinhas que possuem pernas mais grossas, devem optar pelas gladiadoras de cano curto. Agora, se você é baixinha, tem as pernas mais grossas e realmente quer uma gladiadora de cano alto, prefira aquelas de tons puxados para o da pele. As gladiadoras com salto alto também são muito bem vindas pois elas ajudam a dar uma afinada na silhueta! Já para pessoas com mais idade o ideal são as de cano baixo e mais discretas.

- A sandália gladiadora em si, já chama muito a atenção, então evite exageros nos acessórios e até mesmo no look que vai usar junto com ela, okay?

- Evite blusas decotadas, elas realmente não caem bem com gladiadoras.

- Use e abuse! Combine com vestidos mais soltinhos, ou acinturados, saias rodadas, shorts…

Espero que vocês tenham gostado do post de hoje! Me contem o que acharam da volta da gladiadora, quem aí já tem?

Um suuuuuper beijo, meninas!












CompartilhePin ThisShare on Google PlusEmail This

COMENTÁRIOS

0 comentários :

Postar um comentário